Dicas de Farmacêutico:  COVID-19 x Medicamentos: perguntas e respostas

Dicas de Farmacêutico: COVID-19 x Medicamentos: perguntas e respostas

3 minutos 1- HÁ MEDICAMENTOS QUE ESTÃO ASSOCIADOS AO AGRAVAMENTO DA COVID-19 DO PACIENTE INFECTADO? NÃO, até o momento, não há relato de medicações claramente associadas a evoluções de maior gravidade nos casos de COVID-19. O que sabemos, no entanto, e que o uso indiscriminado de alguns medicamentos, como Antibióticos, Hidroxicloroquina, Ivermectina e outros, não são eficazes podem trazer consequências como resistência bacteriana, hepatite medicamentosa, inflamação hepática e insuficiência renal. E importante salientar também que Antibióticos não tratam infecções causadas por vírus. 2- EXISTE Continue lendo

Morfina: farmacologia e precauções

Morfina: farmacologia e precauções

7 minutos Derivado opioide isolado pela primeira vez em 1804, esta substância começou a ser distribuída pelo seu criador Friedrich Sertüner, já em 1817, porém apenas em 1827 passou a ser comercializada como medicamento pela empresa Química Merck.  A morfina é um fármaco narcótico. Narcóticos são substância esta que fazem adormecer e reduzem ou eliminam a sensibilidade. Em termos médicos são designados como derivados opioides. A morfina é usada para o alívio da dor intensa aguda e crônica e sua administração pode ser por Continue lendo

Estudo in vitro e in vivo sobre a estimulação do Sistema Imunitário contra o Câncer utilizando o Fitoquímico Curcumina

Estudo in vitro e in vivo sobre a estimulação do Sistema Imunitário contra o Câncer utilizando o Fitoquímico Curcumina

12 minutos A Dra. Rayane Ganassin é Farmacêutica, Doutora em Nanociência e Nanobiotecnologia e hoje irá compartilhar com o Diário Farma informações super atuais em relação ao câncer e a curcumina. Diante dos crescentes novos casos de câncer é evidente a necessidade de se estudar novos esquemas terapêuticos na tentativa de encontrar soluções menos agressivas aos pacientes e com melhores resultados. Câncer é o nome dado ao conjunto de mais de 100 doenças que tem em comum o crescimento desordenado de células, que invadem Continue lendo

O uso de medicamentos em portadores de síndrome de Down

O uso de medicamentos em portadores de síndrome de Down

8 minutos Entre as alterações causadas pelo excesso de material genético do cromossomo 21, estão as hipersensibilidades medicamentosas determinadas por um conjunto variável de deficiências enzimáticas. A farmacoterapia para pessoas com síndrome de Down deve seguir os princípios do uso racional de medicamentos, que segundo a OMS é a situação na qual os pacientes recebem os medicamentos apropriados às suas necessidades clínicas na dose correta por um período de tempo adequado e um custo acessível. Evidentemente, procura-se evitar o uso de fármacos com índice Continue lendo

Farmácias municipais X dispensários de medicamentos

Farmácias municipais X dispensários de medicamentos

11 minutos Éverton Borges é Farmacêutico Bioquímico e Analista Clínico/UFRGS. É Especialista em Gestão da Assistência Farmacêutica/UFSC. Assessor de Relações Institucionais do CRF-RS, membro do Grupo Técnico de Apoio aos Municípios na Assistência Farmacêutica (CRF/RS), membro da Câmara da Saúde do Fórum dos Conselhos e Ordens das Profissões Regulamentadas do RS (Fórum-RS) e Coordenador do Grupo de Agentes Fiscais do Fórum-RS, membro do Fórum Gaúcho de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos (FGCIA), membro do Comitê Executivo Estadual do RS do Fórum Nacional do Judiciário Continue lendo

Como transformar Farmacêuticos em gerentes ?

Como transformar Farmacêuticos em gerentes ?

12 minutos Marcelo Cristian é Farmacêutico e diretor da @desenvolva consultoria e hoje irá compartilhar com o Diário Farma informações sobre os farmacêuticos e o gerenciamento. Quais as habilidades do Farmacêutico varejista ? Atualmente, o farmacêutico que atua em farmácia e drogarias limita-se ao atendimento ao cliente, ao controle burocrático das substâncias de controle especial e ao controle do sistema de validades dos produtos da loja. Porém, a realidade do comercio varejista hoje vem se modificando, onde a cada dia necessita-se de pessoas multiprofissionais, Continue lendo

Pílula do dia seguinte- quando usar ?

Pílula do dia seguinte- quando usar ?

4 minutos A pílula do dia seguinte é um contraceptivo de emergência, portanto deve ser utilizada somente em último caso. Nos Estados Unidos a chamam de plano B.  Ela deve ser usada quando, por exemplo, a camisinha estoura no momento da ejaculação. Ou então quando a mulher se esquece de tomar a pílula anticoncepcional. Em casos de estupro ela também é amplamente utilizada. Portanto, não se deve fazer de seu uso um hábito nem tomar mais que uma dose por mês.  É importante ressaltar a importância desse Continue lendo

Por que precisamos vacinar as crianças contra a Covid-19?

Por que precisamos vacinar as crianças contra a Covid-19?

10 minutos Nesse artigo falaremos com a Dra. Carolina Maria Xaubet Olivera (Farmacêutica, Coordenadora do Programa Educação em Saúde na Pediatria, Vinculada ao Centro Brasileiro de Informação sobre Medicamentos-Cebrim-CFF) sobre a importância da imunização do público infantil. “Declaro a ausência de conflito de interesses ao expressar a minha opinião pessoal sobre o tema e não reflete necessariamente a opinião do órgão que tenho vínculo empregatício.” Introdução Desde o início da pandemia, mais de 6,8 milhões de crianças nos Estados Unidos tiveram teste positivo para Continue lendo

Suplementos mais utilizados na Estética

Suplementos mais utilizados na Estética

2 minutos 1- Biotina é a base de Vitamina B7, que estimula a produção de queratina necessária para a saúde do cabelo, além de promover a hidratação. Também é importante para a pele, já que a mantém saudável e evita o ressecamento. 2- A Nicotinamida é uma forma de Vitamina B3. Também é conhecida como Niacinamida ou amida do ácido nicotínico, além de tratar a inflamação causada pela bactéria. Fortalece a barreira cutânea e manter a pele protegida e hidratada. 3- O Ácido Hialurônico Continue lendo

DOENÇAS VIRAIS: HEPATITE F – CASO ESPECIAL

DOENÇAS VIRAIS: HEPATITE F – CASO ESPECIAL

3 minutos A Hepatite F é o nome que havia sido dado a uma forma de hepatite viral que parecia ser inexplicável pelos vírus que causam hepatite A, B, C, D, E e G.  Tem sido debatido se esta forma de hepatite é causada por um vírus ou separada por uma variante de um dos outros vírus de hepatite. Por exemplo, alguns profissionais acreditam que pode ser uma variante do vírus da hepatite B. Por outro lado, há cientistas que acreditam que essa forma de hepatite Continue lendo