Dr. Vinícius Lôbo

Farmacêutico com Graduação em Farmácia e Bioquímica pela Universidade Paulista de Brasilia (Unip-DF), Especialista em Farmacologia Clínica e Prescrição e Mestre em Virologia Molecular pela Universidade de Brasilia (UnB) e Mestrado em Ciências Farmacêuticas pela Universidade de Lisboa (UL) Portugal.
Apaixonado pela profissão, desenvolvo palestras, cursos e artigos.

DOENÇAS VIRAIS: HEPATITE E

DOENÇAS VIRAIS: HEPATITE E

6 minutos A hepatite E resulta da infecção pelo vírus da hepatite E (VHE), é transmitida de pessoa a pessoa, através da água e de alimentos contaminados com matéria fecal, e já foi responsável por grandes epidemias no centro e sudeste da Ásia, no norte e oeste de África e na América Central.  No mundo industrializado, o vírus quase não existe, onde a doença escasseia e apenas se manifesta em indivíduos que tenham estado em regiões tropicais endêmicas. Doença viral aguda e autolimitada. Apresenta Continue lendo

Interações medicamentosas: algumas bebidas comuns X medicamentos

Interações medicamentosas: algumas bebidas comuns X medicamentos

5 minutos Você sabia que existem tanto alimentos quanto bebidas, presentes em nosso dia a dia, que podem interagir com alguns medicamentos e prejudicar o paciente? Isso ocorre porque estes alimentos e bebidas podem fazer com que os efeitos das medicações sejam tanto aumentados quanto diminuídos. Além disso, também há casos de medicamentos de interferência de um no outro, seja a medicação impedindo a correta absorção de um nutriente, seja o alimento ou bebida que pode atrapalhar o seu estômago ou intestino de fazer Continue lendo

Tratamento do sangue para doação

Tratamento do sangue para doação

3 minutos As bolsas de sangue total coletadas podem e devem ser processadas para a obtenção dos hemocomponentes. Esse processamento, que é feito por meio de centrifugação, separa os diversos componentes sanguíneos, possibilitando que o paciente (receptor de uma transfusão de sangue) receba, num menor volume, somente o componente sanguíneo do qual necessita. Nesta fase, ou quando a coleta for realizada por aférese, podem-se obter os seguintes hemocomponentes: concentrado de hemácias, concentrado de plaquetas, concentrado de granulócitos, plasma (plasma fresco congelado/rico, plasma comum/normal/simples/e plasma Continue lendo

Hepatite alcóolica

Hepatite alcóolica

4 minutos A hepatite se trata de qualquer inflamação no fígado, aguda ou crônica, que pode ser causada por infecções virais ou bacterianas, abuso de álcool, medicamentos, drogas, doenças hereditárias e doenças autoimunes.  Geralmente causada pelo consumo excessivo e abusivo de álcool durante um período prolongado, a hepatite alcoólica leva a uma inflamação e inchaço do fígado que começa a desregular as funções normais desse órgão. Pessoas do sexo feminino estão mais suscetíveis a adquirir a doença, uma vez que o fígado nas mulheres tem menor Continue lendo

DOENÇAS VIRAIS: HEPATITE D

DOENÇAS VIRAIS: HEPATITE D

7 minutos Hepatite D também conhecida como Delta, é uma doença viral caracterizada por reação inflamatória no fígado, esse vírus é considerado um vírus satélite, ou seja, ele não é autônomo e depende da presença do vírus da hepatite B para infectar uma pessoa. O agente delta é um RNA-vírus “incompleto” (um dos menores vírus RNA animais, tão pequeno que é incapaz de produzir seu próprio envelope proteico e de infectar uma pessoa), constituído de uma fita incompleta de RNA. Ele é deficiente em quase todas as proteínas Continue lendo

Cuidados pós vacina contra Covid-19

Cuidados pós vacina contra Covid-19

6 minutos Em tempos de pandemia, são muitas as dúvidas a cerca desta que é tida como a salvação da imunidade, a vacinação contra o vírus que nos trouxe uma pandemia que já dura mais de um ano têm gerado dúvidas, esperanças e receios.  A vacina contra a covid-19, além de levantar muitas questões de desinformação e Fake News, também está carregada de muita mística e descrença por parte das mais diversas populações do planeta Terra.  É pensando em esclarecer pontos sobre o momento Continue lendo

Covid prolongada ou persistente

Covid prolongada ou persistente

3 minutos COVID PROLONGADA ou PERSISTENTE Conhecida como covid prolongada ou persistente, estudos têm sugerido ao longo desse ano em que enfrentamos a pandemia de covid-19, que alguns pacientes curados dos principais sintomas da doença tendem a desenvolver outros sinais, sintomas e comorbidades que estão ligados a covid-19, até meses após terem adoecido. A covid-19 desaparece em duas semanas para a grande maioria dos infectados, porém com o passar do tempo, cresceu o número de pacientes que relatam sintomas prolongados por semanas ou meses. Continue lendo

Hepatite medicamentosa

Hepatite medicamentosa

7 minutos No último ano tem-se notado um aumento de usos de medicamentos indiscriminadamente e além disso, há relato de caso de paciente que desenvolveu hepatite medicamentosa em decorrência do uso do assim chamado popularmente kit covid ( Ivermectina, Hidroxicloroquina, Azitromicina). Esse alerta  técnico é de grande importância e deve ser observado pois  há grandes chances de que haja mais casos futuros nas mesmas condições. HEPATITE MEDICAMENTOSA O fígado é o principal órgão envolvido no metabolismo e na eliminação de substâncias. A toxicidade hepática Continue lendo

Remdesivir aprovado pela ANVISA

Remdesivir aprovado pela ANVISA

6 minutos A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o uso do Remdesivir contra a covid-19, sendo o primeiro medicamento antiviral a ter recomendação em bula para pacientes com o novo coronavírus. O Remdesivir poderá ser utilizado no Brasil em pessoas com idade superior a 12 anos, com pelo menos 40 kg, que estejam com pneumonia e precisem de suplementação de oxigênio. É importante destacar que a indicação terapêutica aprovada em bula não se restringe à forma leve, moderada ou grave da doença. Ela está ligada à apresentação Continue lendo

Doenças virais: Hepatite C

Doenças virais: Hepatite C

8 minutos É uma inflamação do fígado provocada por um vírus, que quando crônica, pode conduzir à cirrose, insuficiência hepática e câncer do fígado. Durante vários anos foi conhecida sob a designação de hepatite não-A e não-B, até ser identificado, em 1989, o agente infeccioso que a provoca e se transmite, sobretudo, por via sanguínea. Hepatite C é a inflamação do fígado causada pela infecção pelo vírus da hepatite C (VHC ou HCV), transmitido através do contato com sangue contaminado. Estima-se que cerca de 3% da população mundial, 170 Continue lendo