DOENÇAS VIRAIS: HEPATITE F – CASO ESPECIAL

DOENÇAS VIRAIS: HEPATITE F – CASO ESPECIAL

Tempo de leitura: 3 minutos

A Hepatite F é o nome que havia sido dado a uma forma de hepatite viral que parecia ser inexplicável pelos vírus que causam hepatite A, B, C, D, E e G. 

Tem sido debatido se esta forma de hepatite é causada por um vírus ou separada por uma variante de um dos outros vírus de hepatite. Por exemplo, alguns profissionais acreditam que pode ser uma variante do vírus da hepatite B. Por outro lado, há cientistas que acreditam que essa forma de hepatite não é capaz de infectar humanos.

Seja qual for a causa, muitas formas de hepatite podem ser perigosas. É importante, então, para uma pessoa a tomar medidas para reduzir o seu risco de contrair a doença. A inflamação do fígado, não importa a causa, muitas vezes é chamada hepatite. 

O VÍRUS DA HEPATITE F

Segundo muitos autores, a dificuldade em definir a etiologia de muitos casos de hepatite fulminante sugere que o vírus denominado Toga vírus ou vírus F e descoberto por Deka e colaboradores em 1994, poderia ser o agente etiológico da hepatite F

Estudos científicos confirmaram que o vírus da hepatite F ainda não foi devidamente identificado e, por isso, este tipo de hepatite ainda não possui muitos detalhes. Apesar de haver várias evidências sugerindo a existência de candidatos à vírus F da hepatite.

A hepatite F é um vírus hipotético ligado à hepatite. Vários candidatos à hepatite F surgiram na década de 1990; No entanto, nenhuma dessas reivindicações foi fundamentada.  

Em 1994, Deka et al. Relataram que novas partículas virais foram descobertas nas fezes de pacientes pós-transfusão, não hepatite A , não hepatite B , não hepatite C , não hepatite E. 

Injeções dessas partículas na corrente sanguínea de macacos rhesus indianos causou hepatite, e o vírus foi chamado de hepatite F ou vírus Toga . 

RNA-vírus transmitido a macacos Rhesus sp. em laboratório experimentalmente, através de extratos de fezes de macacos infectados. 

Ainda não há relatos se esse vírus é capaz de infectar humanos.

SINTOMAS:

Na hipótese do Toga vírus realmente infectar humanos, os sintomas advindos da inflação causados no fígado humano, seriam similares aos da hepatite A, com tendências a evolução a hepatite fulminante.

DIAGNÓSTICO:

Até o ano de 2017 ainda não se tem uma identificação clara do vírus causador dessa possível doença que é capaz de infectar macacos e possivelmente humanos. Porém não é confirmação do mesmo e portanto não há métodos de diagnósticos para essa doença.

TRATAMENTO:

Até o presente momento não á tratamentos disponíveis para Hepatite F

REFERÊNCIAS:

– Allerf [O que é a Hepatite F]. Disponível em: http://pt.allerf.com/o-que-e-a-hepatite-f/

– Portal Educação [Hepatite F]. Disponível em: https://www.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/enem/hepatite-f/17989

– Tua Saúde [Tipos de Hepatite]. Disponível em: https://www.tuasaude.com/tipos-de-hepatite/

-Hepatite UEFS [Hepatite F]. Disponível em: http://hepatiteuefs.weebly.com/hepatite-f.html

– Jornal de Pediatria – SBP [Hepatites Virais: Atualização]. Disponível em: http://www.jped.com.br/conteudo/97-73-06-367/port.pdf

Fonte:

1.Uchida, T. (1993).”Variações genéticas do vírus da hepatite B e sua relevância clínica”.Microbiol.Immunol.37(6): 425-39.PMID  7694049.Doi: 10.1111 / j.1348-0421.1993.tb03233.x

2.Deka N, Sharma MD, Mukerjee R (1994). “Isolamento do novo agente de amostras de fezes humanas que está associada a hepatite esporádica não-A, não-B” . J. Virol . 68 (12): 7810-5. PMC  237242  . PMID  7966570

3.Lefrère JJ; Laperche, S .; Roudot-Thoraval, F. (abril de 2008). “Vírus da hepatite G: um marcador adequado deeficácia in vivo para inativação de patógenos”. Vox Sang . 95 (1): 76-8. PMID  18393946 . Doi : 10.1111 / j.1423-0410.2008.01050.x

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.