Como é a vida de um farmacêutico na Alemanha

Como é a vida de um farmacêutico na Alemanha

Tempo de leitura: 4 minutos

Farmácia – Apotheke é onde se vende medicamentos, drogaria ou drug store, Drogerie (die) (alemão) é onde se vende cosméticos e outros produtos de beleza. Lá você também pode encontrar produtos infantis como lenços umedecidos, pomadas para assadura e até chás, alimentos perfumes, mas medicamentos são vendidos apenas em farmácias.

As drogarias na Alemanha vendem desde produtos de limpeza a papelarias, alimentos e uma inúmera variedade de chocolates. As drogarias na Alemanha são normalmente grandes redes e tem muitas unidades espalhadas por vários locais, como estações de trem e metrô, além das principais ruas de compras das cidades. As redes de drogarias maiores e mais fáceis de achar são a Müller (nossa preferida), a DM e a Rossmann.

As drogarias na Alemanha são um paraíso para compras o que tira totalmente essa visão das farmácias. Em drogarias não há farmacêuticos e por isso ela é encarada como uma loja comum, pode fazer promoções, vendas casadas e oferecer inúmeros  descontos, o que é proibido em farmácias Alemãs.

Nas farmácias alemãs, apenas os farmacêuticos atendem ao publico. Seu trabalho é orientar, verificar prescrições e dispensar medicamentos, além de tirar duvidas, fazer orientação sobre uso racional de medicamentos e orientar os demais funcionários.

Nas farmácias alemãs existem o cargo de ajudante farmacêutico que é encarregado de guardar medicamentos, separar medicamentos para dispensação, repor estoque e controlar o vencimentos dos produtos. Ele auxilia o farmacêuticos e deve receber orientações  do farmacêuticos que trabalham no local. Além desse profissional, o farmacêutico também deve orientar os profissionais da limpeza as farmácias alemãs.

Nas farmácias alemãs se vende produtos veterinários e animais podem frequentar o espaço e serem avaliados pelo farmacêutico, tal qual os humanos.

O farmacêutico alemão deve além de orientar o paciente e verificar a prescrição médica, também orientar e verificar prescrições veterinárias.

O farmacêutico alemão não se forma podendo trabalhar em análises clinicas. Na europa, como um todo, esse mercado é dominado por médicos  e a profissão de biomédico é praticamente inexistente. O farmacêutico alemão ao ter seu diploma, deve fazer um exame nacional chamado Approbation que serve tanto para terminar o curso, como para ser reconhecido pelo conselho de farmácia e poder então trabalhar em farmácia, e farmácia hospitalar. Outras funções necessitam de especialização ou mestrado e possuem provas específicas.

É praticamente nula a descriminação de salário ou cargos para estrangeiros na Alemanha. Porém o candidato estrangeiro ao cargo de farmacêutico em uma farmácia alemã deverá ter o domínio do idioma alemão que é essencial para uma boa integração, e para obter a homologação do diploma de farmacêutico é necessário possuir um certificado de nível B2 de alemão, em conformidade com o marco de referência europeu (por exemplo, Telc, Goethe, ÖSD) e prosseguir a aprendizagem do idioma uma vez na Alemanha, para obter o nível C1 e superar a prova oral (Fachsprachenprüfung), este que é requisito mínimo para se fazer a prova Approbation e se registar no conselho de farmácia.

A profissão farmacêutica é vista como prestígio social na Alemanha, sendo uma profissão nobre e bem remunerada. A média salarial de um farmacêutico na Alemanha é em torno de 5 mil euros mensais full time, que pode variar de acordo com cursos e especializações do mesmo. Na Alemanha não existe explicitamente benefícios por meta de vendas e etc, porém o farmacêutico alemão pode ganhar benefícios e bônus salariais caso consiga fidelizar clientes.  É importante salientar que todo farmacêutico antes de trabalhar em uma farmácia alemã deverá ter de 6 meses a 3 anos de experiência como farmacêutico em uma farmácia alemã, o que torna praticamente nula as chances de se conseguir um cargo com o salário em questão sem a devida experiência

Bônus – Os Alemães são o povo que segue muito as regras, por isso, o trabalho farmacêutico não é considerado fácil e necessita de muita experiência e confiança da empresa que contrata. O farmacêutico alemão é punido com severidade caso haja erro de prescrições não detectadas, erro de dispensação e ausência, má conduta e etc do profissional. À aqueles que passam 2 anos sem nenhuma advertência disciplinar ou notificação do conselho é dada um bônus de prestígio na classe e no salário de trabalho.

Fonte: International Consulting 2B1

Crédito da imagem: Flickr

2 Comentários


  1. Olá,

    Sou estudante de farmácia pela UFPR e pretendo muito morar e trabalhar na Alemanha atuando como farmacêutico (imagina meu desespero pra me preparar desde já).
    Ao ler sua matéria, fiquei com dúvida neste trecho=

    “É importante salientar que todo farmacêutico antes de trabalhar em uma farmácia alemã deverá ter de 6 meses a 3 anos de experiência como farmacêutico em uma farmácia alemã, o que torna praticamente nula as chances de se conseguir um cargo com o salário em questão sem a devida experiência”

    Como assim? Pra trabalhar em farmácia alemã eu tenho que ter experiência em farmácia alemã?
    Me desculpe se eu que entendi errado.

    Desde já, obrigado pela atenção!

    Responder
    1. Dr. Vinícius Lôbo

      Sim Mateus, é isso mesmo. A maioria dos países que pagam bem e valorizam os profissionais da saúde, exigem experiência profissional devidamente documentada, antes que o imigrante possa exercer a profissão.

      Como nós sabemos, os alemães são bem metódicos e prezam pela organização e cumprimento das regras, por isso, que todo imigrante fora da União Europeia deve ter experiência comprovada, em “tese”, digo em tese porque isso pode ser só aplicado a população brasileira e naturalizados que vieram do Brasil ou mesmo pessoas do hemisfério sul. Cada país possui uma regra e a Europa tem regras bem específicas para Brasileiros. Isso é Lei.

      Sendo assim, após o processo de validação do seu diploma, em alguns países, eles te direcionam a este estágio não remunerado por período mínimo de 6 meses. Quanto mais tempo você ficar, melhor para você! Esse período é para observação das suas condutas, se você é capaz de ser mesmo farmacêutico lá, se fala corretamente a língua deles, se segue as regras, algo que observam mesmo em brasileiros. Eu quando estive em Portugal, tive que procurar estágio por conta própria.

      Infelizmente não sei se na Alemanha você será direcionado para um estágio desses ou se terá que conseguir por conta própria. Também não sei informar se as regras irão mudar após o mundo estar fora da Pandemia de Covid-19.

      Boa sorte

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *