Como é a vida de um farmacêutico na Alemanha

Tempo de leitura: 4 minutos

  • Farmácia – Apotheke é onde se vende medicamentos, drogaria ou drug store, Drogerie (die) (alemão) é onde se vende cosméticos e outros produtos de beleza. Lá você também pode encontrar produtos infantis como lenços umedecidos, pomadas para assadura e até chás, alimentos perfumes, mas medicamentos são vendidos apenas em farmácias.

 

  • As drogarias na Alemanha vendem desde produtos de limpeza a papelarias, alimentos e uma inúmera variedade de chocolates. As drogarias na Alemanha são normalmente grandes redes e tem muitas unidades espalhadas por vários locais, como estações de trem e metrô, além das principais ruas de compras das cidades. As redes de drogarias maiores e mais fáceis de achar são a Müller (nossa preferida), a DM e a Rossmann.

 

  • As drogarias na Alemanha são um paraíso para compras o que tira totalmente essa visão das farmácias. Em drogarias não há farmacêuticos e por isso ela é encarada como uma loja comum, pode fazer promoções, vendas casadas e oferecer inúmeros  descontos, o que é proibido em farmácias Alemãs.

 

  • Nas farmácias alemãs, apenas os farmacêuticos atendem ao publico. Seu trabalho é orientar, verificar prescrições e dispensar medicamentos, além de tirar duvidas, fazer orientação sobre uso racional de medicamentos e orientar os demais funcionários.

 

  • Nas farmácias alemãs existem o cargo de ajudante farmacêutico que é encarregado de guardar medicamentos, separar medicamentos para dispensação, repor estoque e controlar o vencimentos dos produtos. Ele auxilia o farmacêuticos e deve receber orientações  do farmacêuticos que trabalham no local. Além desse profissional, o farmacêutico também deve orientar os profissionais da limpeza as farmácias alemãs.

 

  • Nas farmácias alemãs se vende produtos veterinários e animais podem frequentar o espaço e serem avaliados pelo farmacêutico, tal qual os humanos.

 

  • O farmacêutico alemão deve além de orientar o paciente e verificar a prescrição médica, também orientar e verificar prescrições veterinárias.

 

  • O farmacêutico alemão não se forma podendo trabalhar em análises clinicas. Na europa, como um todo, esse mercado é dominado por médicos  e a profissão de biomédico é praticamente inexistente. O farmacêutico alemão ao ter seu diploma, deve fazer um exame nacional chamado Approbation que serve tanto para terminar o curso, como para ser reconhecido pelo conselho de farmácia e poder então trabalhar em farmácia, e farmácia hospitalar. Outras funções necessitam de especialização ou mestrado e possuem provas específicas.

 

  • É praticamente nula a descriminação de salário ou cargos para estrangeiros na Alemanha. Porém o candidato estrangeiro ao cargo de farmacêutico em uma farmácia alemã deverá ter o domínio do idioma alemão que é essencial para uma boa integração, e para obter a homologação do diploma de farmacêutico é necessário possuir um certificado de nível B2 de alemão, em conformidade com o marco de referência europeu (por exemplo, Telc, Goethe, ÖSD) e prosseguir a aprendizagem do idioma uma vez na Alemanha, para obter o nível C1 e superar a prova oral (Fachsprachenprüfung), este que é requisito mínimo para se fazer a prova Approbation e se registar no conselho de farmácia.

 

  • A profissão farmacêutica é vista como prestígio social na Alemanha, sendo uma profissão nobre e bem remunerada. A média salarial de um farmacêutico na Alemanha é em torno de 5 mil euros mensais full time, que pode variar de acordo com cursos e especializações do mesmo. Na Alemanha não existe explicitamente benefícios por meta de vendas e etc, porém o farmacêutico alemão pode ganhar benefícios e bônus salariais caso consiga fidelizar clientes.  É importante salientar que todo farmacêutico antes de trabalhar em uma farmácia alemã deverá ter de 6 meses a 3 anos de experiência como farmacêutico em uma farmácia alemã, o que torna praticamente nula as chances de se conseguir um cargo com o salário em questão sem a devida experiência

Bônus – Os Alemães são o povo que segue muito as regras, por isso, o trabalho farmacêutico não é considerado fácil e necessita de muita experiência e confiança da empresa que contrata. O farmacêutico alemão é punido com severidade caso haja erro de prescrições não detectadas, erro de dispensação e ausência, má conduta e etc do profissional. À aqueles que passam 2 anos sem nenhuma advertência disciplinar ou notificação do conselho é dada um bônus de prestígio na classe e no salário de trabalho.

Fonte: International Consulting 2B1

Crédito da imagem: Flickr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *