Como montar uma drogaria: passo a passo

Como montar uma drogaria: passo a passo

Tempo de leitura: 4 minutos

Uma das grandes dúvidas do profissional Farmacêutico é em relação ao ter seu próprio negócio. Assim sendo, convidamos o Dr Jorge Luis Araújo, proprietário de uma Drogaria no DF, para nos relatar sua experiência como Empresário.

Dr. Jorge, qual valor aproximadamente é necessário para montar uma Drogaria de pequeno porte no DF  ?

No caso de Farmacêutico empreendedor do seu primeiro negócio sugiro iniciar com no mínimo R$ 80.000,00.

 Qual o primeiro passo a passo recomendado para uma pessoa que pretende montar uma drogaria?

 
O primeiro passo é montar um PNE (Plano de Negócio Estratégico), responder cada item com apoio dos amigos que já atuam na área e com um pouco de paciência e atitude conseguirá completar todo o PNE.

Quais os órgãos  de apoio que você recomenda que sejam procurados para o processo de abertura de empresa?

SEBRAE
CRF-DF
* Vigilância Sanitária
SINCOFARMA
SINTRAFARMA
ACREF-DF

* Procurar a Vigilância Sanitária correspondente a sua localidade

 
 Quais os órgãos de apoio ao  finaciamento você recomenda?

Recomendo procurar os bancos conveniados ao BNDS, pois existem excelentes linhas de financiamentos de projetos de apoio empresarial. Porém, o mais sugestivo é não iniciar o empreendimento com dívidas provenientes de empréstimos, procure juntar o recurso financeiro por um período e terá mais tranquilidade para trabalhar no próprio negócio.

Sobre a contratação de funcionários, quais dicas você daria ao empresário que está começando o negócio?

Comece com quadro fixo de funcionários (enxugado):

– 01 Farmacêutico responsável técnico e gerente (você mesmo);

– 02 Balconistas com experiência;

– 01 Motoboy com perfil dinâmico para atuar em outras tarefas quando necessário;

Sugiro que no primeiro mês tenha um quadro adicional (temporário):  2 operadores(as) de  caixa e 1 perfumista- estes funcionários entram no quadro como investimento de abertura de loja, ou seja, não são definitivos, são contratos temporários, sem vínculo, ou seja, de acordo com a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Obs.: após 90 dias, voce conseguirá com calma e se baseando em números, como volume de clientes atendidos e venda bruta atingida e a partir dos resultados tomar uma decisão se efetiva os temporários ou não.

Sobre a  parte física da drogaria, quais dicas de layout você sugere em relação a disposição dos medicamentos?
Procure dividir em 4 grandes grupos

1) MIPS – Medicamentos isentos de prescrição

Separar em subgrupos e em ordem alfabética. Exemplos: vitaminas, laxantes, digestivos, analgésicos, antigripais e etc.

Aprofunde seus conhecimentos sobre os medicamentos isentos de prescrição

 
2) Genéricos

Em ordem alfabética A – Z

3) Similares

Separar em subgrupos e em ordem alfabética. Exemplos: anti-inflamatórios, anti- hipertensivos, anti-histamínicos e etc.

4) Referências

Em ordem alfabética A – Z

Quais são os pontos positivos de ser um microempresário?

  • Facilidade de desenvolver habilidades técnicas da profissão Farmacêutica, como acompanhar a evolução dos pacientes a médio e longo prazo, isso já não acontece sendo empregado devido as recorrentes transferências de local de trabalho;
  • O sentimento desafiador que mês a mês faz o empreendedor a tentar conseguir atingir os resultados do negócio;
  • A possibilidade de não estagnar num salário fixo, esmagado pela inflação e crises na economia. Pois, após conseguir atingir o ponto de equilíbrio do negócio, com certeza você terá cada vez mais, ganhos acima dos proventos pagos aos assalariados empregados do setor.

Poderia elencar uma infinidades de pontos positivos, enfim, o desafio de ser empresário do próprio negócio é encantador e ao mesmo tempo desafiador.

Andréia entrevistando Jorge

Quais são as principais dificuldades que você enumera no seu dia a dia de empresário?

  • O poder de compra das grandes redes, que conseguem comprar das indústrias itens como medicamentos e produtos de perfumaria com uma diferença gigantesca;
  • Dificuldade de conseguir mão de obra qualificada, e, quando você consegue qualificar, aparece outra dificuldade: a de reter os talentos, pois muitos buscam outras oportunidades em empresas de grande porte;
  • Perdas, esta é uma palavra que sempre irá te acompanhar… O importante é estar sempre atento para que esta perda não afete incisivamente seu negócio, seja essa perda por assaltos, furtos, fraudes, avarias, vencimentos de produtos, etiquetas de preços errados e os contratempos com fornecedores e prestadores de serviços.

Quais segredos você recomenda para conquistar a clientela e tornar-se competitivo no mercado?

A imagem do Farmacêutico empreendedor precisa ser marcante dentro do negócio, procure ter presença forte baseando em 3 pilares:

Voz firme, olho no olho  e sorriso estampado.

Crédito da Imagem: Márcio Duarte

3 Comentários


  1. Excelente dica e informação de alem de um grande farmacêutico e empreendedor! Parabéns pelas dicas.

    Responder

  2. EXCELENTE CONTEÚDO,CONSEGUIU ME AJUDAR EM ALGUMAS DUVIDAS.
    EXCELENTE TRABALHO,PARABÉNS ,SUCESSO…

    Responder

    1. olá Igor!
      obrigado pelas palavras!
      na segunda semana de março tb teremos um novo artigo sobre empreendedorismo: continue acompanhando nossas publicações e comentando, sua participação é muito importante para nós 🙂
      forte abraço
      Andréia

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *